Tapeando o tempo

 

Você pode constatar que a idade chegou ao ter que encarar seu próprio rosto no espelho e notar aquelas indesejáveis rugas. Os fios grisalhos do cabelo podem tentar te convencer sobre a presença do tempo, mas ele nunca está presente, ele apenas... passa.

Meus dentes podem estar mais amarelados, os sulcos sob meus olhos são mais evidentes do que há alguns anos atrás, mas isso não vai me impedir de sorrir. Meus olhos estão cansados, preciso de auxílio de óculos. Miopia, hipermetropia e toda outra pia que conhecer, eu tenho. Mas não é por isso que deixarei de observar o sol se pondo. Continuarei escalando montanhas para ver as paisagens que ainda não vi.

Meu corpo já não exibe músculos e traços da juventude, pelo contrário. Minha barriga ganhou volume e minha pele perdeu a flexibilidade de antes. Mas continuo caminhando no parque e, nos dias de sol, tirando a camisa para absorver o seu calor.

Eu já não consigo correr como antes, o que dizer então de subir escadas. Mas lentamente eu galgo todos os degraus que a vida me coloca. Não importa se farei isso com ajuda de uma bengala, mas sim o fato de eu me encontrar no topo.

Ainda consigo ouvir – ok, confesso que não tão bem quanto antes -, e por isso eu saio para dançar. Dança de salão, clube do bairro ou festas da terceira idade, não importa. Eu estou sempre presente.

Os bolos não mais comportam a quantidade de velas que representam minha idade, mas que diferença isso faz? O tempo insiste em passar por mim, ano após ano. Mas mal sabe ele, que eu vivi e continuo vivendo cada segundo que passa. Filhos, netos e talvez eu ainda veja um bisneto.

Talvez

Não darei certeza, vamos deixar o tempo passar. Ou melhor, vamos deixar ele pensar que por mim passa.

 

£!



Escrito por £éo às 18h33
[] [envie esta mensagem] []



Perto de você

 

Eu quero ir embora, desligar tudo e partir. Ou então, deixar tudo ligado e apenas partir. Celular, computador e até a o carro ligado, se for necessário. As horas passam lentas e o meu dia gira em torno de você.

Minha cabeça está sempre fazendo duas coisas ao mesmo tempo, no mínimo. Eu estou aqui, mas meus pensamentos estão aí, ao seu lado. Sempre que acontece algo bom, lembro de você. E quando as coisas não saem como eu planejo, volto a pensar em você para buscar forças e tentar novamente.

Mas deu a hora do expediente, meus e-mails críticos vão ficar para depois. A ligação do chefe, infelizmente não será atendida. Eu tenho que correr. Correr para você, que sempre espera por mim e sempre me recebe com um sorriso espantado nos lábios.

Eu acordo e vou ao seu encontro, para ter certeza que terei a chance de vê-la acordando. A chance de estar ao seu lado, cada segundo da minha vida, é a coisa mais importante pra mim. Você me traz paz.

Não há nada nesse mundo que me agrade mais, do que vê-la feliz. E é por isso que faço tudo para estar tão próximo. Não quero mais envelhecer, não quero mais crescer, pois eu passei a ver graça nas coisas. Você me trouxe isso e não quero deixar de viver assim.

Não importa o caminho que você siga na vida, eu estarei por perto. Pois eu faço o que for preciso para ter o seu sorriso e apreciar o seu olhar. E é olhando para seus olhos, que eu me orgulho. Quanto mais olho para você, mais grato eu sou.

Pois você, minha filha, tem o olha dela.

 

£!



Escrito por £éo às 21h58
[] [envie esta mensagem] []



[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]





Meu perfil
BRASIL, Sudeste, SAO CAETANO DO SUL, Homem, de 26 a 35 anos, Portuguese, Tigrinya, Música, Livros
MSN -



Histórico
Votação
Dê uma nota para meu blog


Outros sites
Tarja Editorial
Tarja Livros
Fontes da Ficção
M.D.Amado - Estrondo e Esquésito
Natacia Araújo - In*versos
Aprendiz de Escritor
Ilusionistas do Verbo